segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

CLINICA DO PÉ DR. WAGNER VIERA DE BH/FALHA NO DIAGUINOSTICO NA PRIMEIRA CIRURGIA









                                                      PRIMEIRA PARTE


      A Luiza Silveira Mendes era portadora de rabdomiossarcoma e vinha lutando contra o câncer descoberto em 12/09. Inicialmente (2008) ela reclamava de uma dor num nódulo pequenino, levei ao ortopedista, pois nunca pensei na possibilidade de câncer por nenhum momento, o medico Dr. Weill da Clinorto aqui em Belo Horizonte, pediu uma ressonância do pé e  disse que era um calo que não precisasse de se preocupar, mas a Luiza continuava a reclamar, então levei a outro ortopedista Dr. Wagner Vieira, pois eu estava tratando com ele uma fratura por stress e fadiga no tornozelo direito. Logo ele disse que não era nada serio e comum na idade dela 20 anos. Tumor de Células de Bainha Gigantes. Eu confiei nele, pois além de  particular, o meu tornozelo estava bom foi colocado 3 parafusos. 
      Ele disse que era só operar e pronto, eu aceitei de imediato ela operou 05/12/08,  mandou para biopsia e a mesma do laboratório do Hermes Pardini confirmou tumor de celulas de bainha gigante , peguei o resultado e levei para o Dr. Wagner ver, ele disse que era benigno e que não precisávamos preocupar, mas infelizmente em julho de 2009 começou a doer e incomoda - lá, então fizemos um retorno, e ele disse que cresceu um pouco, mas era melhor esperarmos fim do ano, pois podia ser resto de cirurgia, "se  ele pediu tomografia e ressonância é porque desconfiava de alguma coisa', ma mesmo assim deixou para o fim do ano. Teve um aumento do tumor, ele devia ter encaminhado a Luiza para um cirurgião ou mesmo oncologista , pois era tumor beniguino mas doía e cresceu, mas não insistiu em em deixar para o final do ano.
      Ela continuava a reclamar  então fomos até antes, ele pediu uma ressonância que já acusava um aumento de 5m do tumor para dentro.  O médico da Axial perguntou a ela “menina tem alguém cuidando de você? ela disse que sim, então ele disse leva para ele o mais depressa possível. Levamos ao Dr. Wagner Viera  que pegamos  o resultado da ressonância,  não sabia explicar direito, ficou todo confuso se embananou todo e começou a falar em chamar um colega ortopedista especialista em tumor, começamos a desconfiar dele. Ele queria opera - lá em janeiro ainda lá para o dia 15/01/10, mas ai eu tomei a decisão dele fazer uma biopsia antes de saber o que era, ele concordou, "DETALHE: NÃO PRECISAVA FAZER SEGUNDA BIOPSIA E SIM REVISÃO DE LAMINAS" OUTRO ERRO DELE., DE ACORDO COM O MÉDICO DE SÃO PAULO ONCOLOGISTA CIRURGIAO DR. ADEMAR LOPES. 
      Ele fez a biopsia em 06/12/09 e deu fibrossarcoma maligno, nem acreditei, minha filha com câncer, cheguei até procurar o amigo dele, mas não tínhamos confiança..
      Fizemos revisão de laminas em outro laboratório que deu outro nome fibromatose e que era tranquilo, no Dairton Miranda. 
      Meu cunhado então descobriu o Dr. Ademar Lopes especialista em sarcomas em São Paulo, então  fomos procurá-lo, logo que viu a ressonância já disse que tinha que operar e que perderia o mindinho e talvez o outro dedo, mas só na hora da cirurgia para saber.
      Antes da cirurgia mandamos fazer outra revisão de lamina no laboratório Fleury, que também deu outros tipos de sarcomas  o Sinovial. Então só iria saber ao certo depois da cirurgia com um a peça maior do câncer.
      A cirurgia aconteceu em 13/01/10, realmente perdeu o mindinho, a cirurgia demorou 10 horas, 4 horas com ele e 6 horas com a cirurgiã plástica que fez a reconstituição. Retirou pele do braço e colocou no pé. Ficamos um mês no Hospital, mais para recuperar a reconstituição do pé. A primeira semana sem sair do leito, e assim até a alta.
      Ficamos aguardando o resultado da biopsia que ai deu, Rabdomiossarcoma. Hoje tenho até duvida se era este tipo de tumor, pois foram tantas falhas..
      Eu deveria ter processado este maldito médico. DR. Wagner Vieira, o câncer poderia ser descoberto mais cedo, se não fosse pela sua ganância com dinheiro, ele tinha que ter encaminhado a Luiza para um cirurgião ou para um oncologista direto.

     






.

A vida é simples, até as coisas complicarem. A vida é bela, até algo feio surgir. Enfim, a vida é normal, até algo absurdamente inesperado acontecer.

2 comentários:

  1. BOM DIA MAE DE SAUDADE ETERNA PENSO EM FAZER A MINHA BOOGRAFIA MAS PASSAGENS DE MINHA VIDA SAO FORTES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, felipe, só escreve se te fazer bem. O da Luiza eu quero ajudar outras pessoas., e eu me sinto bem em contar a sua estória. como ela foi guerreira. o que eu passei ao lado dela, se eu poderia fazer mais por ela.

      Excluir